Início / História / Atividades sobre A Escravidão na Roma Antiga

Atividades sobre A Escravidão na Roma Antiga

1) (Fuvest/2013) A Escravidão na Roma Antiga:

a) Permaneceu praticamente inalterada ao longo dos séculos, mas foi abolida com a introdução do cristianismo.

b) Previa a possibilidade de alforria do escravo apenas no caso da morte de seu proprietário.

c) Era restrita ao meio rural e associada ao trabalho braçal, não ocorrendo em áreas urbanas, nem atingindo funções intelectuais ou administrativas.

d) Pressupunha que os escravos eram humanos e, por isso, era proibida toda forma de castigo físico.

e) Variou ao longo do tempo, mas era determinada por três critérios: nascimento, guerra e direito civil.

 

 

2) (Unesp/2012) A escravatura [na Roma antiga] foi praticada desde os tempos mais remotos dos reis, mas seu desenvolvimento em grande escala foi consequência das guerras de conquista […].

(Patrick Le Roux. Império Romano, 2010.)

Sobre a escravidão na Roma antiga, é correto afirmar que:

a) assemelhava-se à escravidão ocorrida no Brasil colonial, pois era determinada pela procedência e pela raça.

b) aumentou significativamente durante a expansão romana pelo Mar Mediterrâneo.

c) atingiu o auge com a ocupação romana da Germânia e de territórios na Europa Central.

d) diminuiu bastante após a implantação do Império e foi abolida pelos imperadores cristãos.

e) diferenciava-se da escravidão ocorrida no Brasil colonial, pois os escravos romanos nunca podiam se tornar livres.

 

 

3) A Escravidão na Roma Antiga: (UEPB/2013) A expansão territorial na Antiga Roma trouxe profundas modifcações na sociedade estabelecida na península itálica. Entre elas, podemos destacar:

a) O número de escravos aumentou significativamente e estes foram largamente utilizados na agricultura, na produção de alimentos e nas atividades urbanas.

b) Fortalecimento da política agrícola com a expansão dos minifúndios.

c) Democratização da sociedade com igualdade de direitos políticos entre patrícios e plebeus.

d) Crise da mão de obra escrava, que ficou concentrada nos campos agrícolas, deixando carente o setor urbano de trabalhadores livres.

e) Grande êxodo urbano, devido a contatos com outros povos e as conquistas romanas.

 

 

4)A Escravidão na Roma Antiga:  (UESPI/2012) O assassinato de César abalou a sociedade romana e forçou a organização do segundo triunvirato. Havia muitas intrigas políticas e dificuldades de administrar culturas de grande diversidade. César, que havia sido ditador perpétuo, conseguiu popularidade e:

a) deu importância à reestruturação das finanças romanas, preocupando-se em construir obras públicas, para aproveitar os trabalhadores desempregados.

b) fez reformas eleitorais significativas, diminuindo o poder do Senado e seguindo exemplo dos governos democráticos gregos.

c) inibiu as muitas rebeliões que havia no exército, concentrou poderes no Senado mas não controlou o problema do desemprego.

d) efetivou reformas administrativas para evitar crises políticas e proibiu a escravidão nas províncias romanas mais populosas.

e) ampliou a cidadania, transformando hábitos religiosos e respeitando as culturas dos povos dominados com suas crenças politeístas.

 

 

5) A Escravidão na Roma Antiga: (UEPG/2013) A partir do século V a.C., Roma empreendeu diversas campanhas militares contra povos vizinhos, iniciando o seu gigantesco processo de expansão política. A respeito desse tema, assinale o que for correto.

(01) O sucesso das incursões romanas pode ser atribuído a fatores como a existência de um exército bem aparelhado, a construção de uma vasta rede de estradas por toda a Europa e ao investimento em construções públicas no continente.

(02) Os celtas, povo que habitava a Europa central, foram importantes aliados romanos no processo de expansão e conquista de territórios continentais.

(04) A expansão romana levou à ampliação da escravidão, uma vez que naqueles tempos as guerras eram as mais importantes fontes fornecedoras de escravos.

(08) O primeiro grande conflito ultramarino romano ocorreu contra Cartago, uma antiga colônia fenícia situada no norte da África.

 

Atividades sobre a Roma Antiga: da Monarquia ao Império.

 

6) A Escravidão na Roma Antiga: (UFSM/2011) “Os romanos costumavam vender uma parte das terras conquistadas, anexar outras e arrendá-las aos cidadãos que nada possuíssem, mediante um ligeiro censo (renda anual) ao tesouro público. Os ricos, porém, tinham conseguido apoderar-se dessas terras; eis por que foi feita uma lei que proibia a todos os cidadãos ter mais de 125 hectares. Mas os ricos conseguiram a obtenção de terras sob nomes de empréstimos; por fm, tomaram-nas abertamente em seu nome, então os pobres, espoliados da sua posse, trataram de evitar o serviço militar e a criação de filhos. Assim, a Itália seria em breve despovoada de habitantes livres e cheia de escravos bárbaros que os ricos empregavam na cultura das terras, para substituir os cidadãos que haviam expulsado delas.”

(PLUTARCO. Vida de Tibério e de Caio Graco. In: ARRUDA & PILETTI. Toda a História – vol. 1. São Paulo: Ática, 2008)

O texto aponta as modificações na estrutura fundiária da Itália, no século II a.C. Sobre essas transformações, é incorreto afirmar:

a) A substituição dos camponeses por escravos, nas terras da península itálica, está relacionada com a expansão militar romana e com o aumento da oferta de escravos.

b) O Senado romano, dominado pelo patriciado, barrou a formação de latifúndios com mão de obra escrava, pois entendeu que essa mudança alterava a base social da sociedade.

c) O Senado romano, controlado por grandes proprietários de terra, viu de forma favorável a formação do latifúndio escravista e o desmantelamento das unidades de produção camponesa.

d) A vitória militar sobre Cartago e a expansão territorial pelas terras banhadas pelo Mediterrâneo favoreceram o aumento da oferta de mão de obra escrava no mercado romano.

e) A expansão político-militar da República romana pelo Mediterrâneo teve implicações no sistema socioeconômico e transformou as relações da sociedade com o meio ambiente da península itálica.

 

 

7) (UFRGS/2011) Durante a República Romana, a escravidão aumentou consideravelmente sua importância na sociedade e na economia, contribuindo para a crescente dependência da República Romana em relação à mão de obra escrava. A dependência da mão de obra escrava na República Romana devia-se:

a) à expansão das grandes propriedades e ao aniquilamento da pequena propriedade rural.

b) às guerras de conquista empreendidas por Roma, as quais contribuíram decisivamente para predomínio dessa relação de trabalho.

c) à inexistência de mão de obra livre e ao desinteresse da população pelos trabalhos manuais.

d) aos conflitos entre patrícios e plebeus na luta pela terra.

e) à necessidade de ampliação da oferta de mão de obra para o desenvolvimento do artesanato.

 

 

8) A Escravidão na Roma Antiga: (UEPA/2012)

A Escravidão na Roma Antiga

A imagem acima nos remete à luta entre gladiadores. Um jogo importante na composição da política do “pão-e-circo” instituída no Império Romano. Na arena, escravos se enfrentavam até a morte para o deleite dos espectadores. Neste contexto, a violência se transforma em espetáculo público, e nele se observa:

a) a capacidade de articulação dos gladiadores para as revoltas contra a ordem estabelecida, da qual a luta dos gladiadores era a principal representação pública.

b) o vínculo entre a morte de um gladiador na arena e a ascensão dos mártires cristãos ao Panteão Romano, como ato de regeneração social.

c) o sentimento de remissão dos gladiadores pelas culpas das mortes causadas em suas lutas nos espaços públicos e privados.

d) a inserção dos escravos nas esferas públicas após a conquista de vitórias consecutivas nas arenas.

e) a diversão das camadas sociais mais afetadas pela política expansionista de Roma e pelo crescimento do número de escravos nas cidades.

 

 

9) (Unesp/2012) A Escravidão na Roma Antiga foi praticada desde os tempos mais remotos dos reis, mas seu desenvolvimento em grande escala foi consequência das guerras de conquista […].

(Patrick Le Roux. Império Romano, 2010.)

Sobre a escravidão na Roma antiga, é correto afirmar que:

a) assemelhava-se à escravidão ocorrida no Brasil colonial, pois era determinada pela procedência e pela raça.

b) aumentou significativamente durante a expansão romana pelo Mar Mediterrâneo.

c) atingiu o auge com a ocupação romana da Germânia e de territórios na Europa Central.

d) diminuiu bastante após a implantação do Império e foi abolida pelos imperadores cristãos.

e) diferenciava-se da escravidão ocorrida no Brasil colonial, pois os escravos romanos nunca podiam se tornar livres.

 

🔵 >>> Confira todas as nossas questões sobre a História Mundial.

 

Gabarito com as respostas das questões sobre A Escravidão na Roma Antiga:

1) e; 2) b; 3) a; 4) a; 5) 01 + 04 + 08 = 13; 6) b; 7) b; 8) e; 9) b

Veja também:

atividades Estados Unidos no Século XX: Economia, Política e Relações Internacionais para enem vestibular

Estados Unidos no Século XX: Economia, Política e Relações Internacionais Exercícios

1) Estados Unidos no Século XX: Economia, Política e Relações Internacionais: (UEL 2013) Leia os …

Os Processos de Descolonização da América Latina atividades para enem

Os Processos de Descolonização da América Latina Questões

1) Os Processos de Descolonização da América Latina: (UFpr/2013) Leia o trecho do discurso do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.