Início / História / A Idade Média Europeia: Exercícios sobre Os Reinos Bárbaros e Francos

A Idade Média Europeia: Exercícios sobre Os Reinos Bárbaros e Francos

1) Os Reinos Bárbaros e Francos: (UPF/2012) O Medievo tem como marco inicial a migração de povos chamados bárbaros para a Europa Ocidental. Sobre esse processo de migração é incorreto afirmar:

a) Suas monarquias estavam baseadas na força militar.

b) Os reis “bárbaros” eram proprietários dos reinos comandados por suas dinastias, fracionando-os entre seus herdeiros quando da morte do rei.

c) Muitos grupos foram conduzidos a migrar devido à pressão do avanço dos hunos às planícies da Europa Oriental.

d) Os contatos anteriores com os romanos haviam estabelecido trocas culturais expressivas, como a adoção do arianismo, forma de cristianismo, e a adoção de elementos do direito romano por alguns dos grupos germânicos.

e) Sua noção de Estado era sólida, mas a concepção territorial previa mobilidade contínua até o esgotamento das riquezas de cada região de migração.

 

 

2) Os Reinos Bárbaros e Francos: (FGV/2010) Em 768, Carlos Magno foi coroado rei dos francos e, em 800, imperador dos romanos. É pertinente afirmar quanto aos reinos francos, no que diz respeito ao período carolíngio, que:

a) Apresentavam uma fusão de elementos culturais, como a aliança dos francos com o papado, que, com a restauração do Império Romano do Ocidente, constituiu um reforço ao seu caráter romano-germânico.

b) O Renascimento Carolíngio tornou evidente a tensão entre os inconciliáveis valores germânicos e cristãos.

c) A forte centralização política e administrativa, estabelecida pelo Tratado de Verdum, favoreceu o governo do território, após a anexação dos reinos da Lombardia e Baviera.

d) Suas instituições, direito, legiões e cidades eram consideravelmente semelhantes aos do período romano, embora seus funcionários, na maioria, não fossem servidores civis.

e) O direito romano prevaleceu aos poucos sobre o direito consuetudinário germânico, que caiu em desuso e, finalmente, em total esquecimento.

 

 

3) (FGV) “O sacerdote, tendo-se posto em contato com Clóvis, levou-o pouco a pouco e secretamente a acreditar no verdadeiro Deus, criador do Céu e da Terra, e a renunciar aos ídolos, que não lhe podiam ser de qualquer ajuda, nem a ele nem a ninguém […] O rei, tendo pois confessado um Deus todo-poderoso na Trindade, foi batizado em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo e ungido do santo Crisma com o sinal-da-cruz. Mais de três mil homens do seu exército foram igualmente batizados […].”

(São Gregório de Tours. A conversão de Clóvis. Historiae Eclesiasticae Francorum. Apud PEDRERO-SÁNCHES, M.G., História da Idade Média. Textos e testemunhas. São Paulo, Ed. Unesp, 2000, p. 44-45)

A respeito dos episódios descritos no texto, é correto afirmar:

a) A conversão de Clóvis ao arianismo permitiu aos francos uma aproximação com os lombardos e a expansão do seu reino em direção ao Norte da Itália.

b) A conversão de Clóvis, segundo o rito da Igreja Ortodoxa de Constantinopla, significou um reforço político-militar para o Império Romano do Oriente.

c) Com a conversão de Clóvis, de acordo com a orientação da Igreja de Roma, o reino franco tornou-se o primeiro Estado germânico sob influência papal.

d) A conversão de Clóvis ao cristianismo levou o reino franco a um prolongado conflito religioso, uma vez que a maioria dos seus integrantes manteve-se fel ao paganismo.

e) A conversão de Clóvis ao cristianismo permitiu à dinastia franca merovíngia a anexação da Itália a seus domínios e a submissão do poder pontifício à autoridade monárquica.

 

 

4) Os Reinos Bárbaros e Francos: (UFPTR/2007) Entre os povos germânicos ou bárbaros, o direito era fundamentado:

a) em leis escritas.

b) na decisão das mulheres mais velhas da tribo.

c) no Código de Hamurabi.

d) no Direito Romano.

e) nos costumes e nas tradições das tribos.

 

Atividades sobre A Escravidão na Roma Antiga.

 

5) Os Reinos Bárbaros e Francos: (UEL PR) A chamada “desintegração” do Império Romano remodelou a Europa. As modifcações que ocorreram levaram à formação de uma sociedade com características próprias, conhecida como sociedade medieval. Sobre o período da Alta Idade Média (do século V ao X), é correto afirmar:

a) Os povos que ocuparam o Império Romano mantiveram a estrutura política anterior, com uma divisão equilibrada e estável das funções públicas.

b) Chamados de “bárbaros”, povos como os germanos e os hunos foram responsáveis pela retomada da atividade mercantil e pela urbanização da Europa.

c) Com o caráter de migração ou invasão, a chegada dos chamados “bárbaros” esteve relacionada à falência do mundo escravista e à debilidade militar de Roma.

d) A população residente no antigo Império Romano integrou-se com as várias tribos germânicas invasoras, formando federações como a Gália e a Hispânia.

e) Os conflitos entre romanos e germanos, decorrentes das invasões, acabaram caracterizando a denominada Guerra dos Cem Anos.

 

 

6) (PUC-PR) Dentre os vários Reinos Bárbaros que se formaram na Europa, após a queda do Império Romano Ocidental, um teve grande destaque, em virtude de personagens como Clóvis e Carlos Magno. O grupo Germano organizador de tal reino foi o dos:

a) Saxões. b) Godos. c) Ostrogodos. d) Francos. e) Vândalos.

 

 

7) Os Reinos Bárbaros e Francos: (Fuvest) Sobre as invasões dos “bárbaros” na Europa Ocidental, ocorridas entre os séculos III e IX, é correto afrmar que:

a) foi uma ocupação militar violenta que, causando destruição e barbárie, acarretou a ruína das instituições romanas.

b) se, por um lado, causaram destruição e morte, por outro contribuíram, decisivamente, para o nascimento de uma nova civilização, a da Europa Cristã.

c) apesar dos estragos causados, a Europa conseguiu, afnal, conter os bárbaros, derrotando-os militarmente e, sem solução de continuidade, absorveu e integrou os seus remanescentes.

d) se não fossem elas, o Império Romano não teria desaparecido, pois, superada a crise do século III, passou a dispor de uma estrutura socioeconômica dinâmica e de uma constituição política centralizada.

e) os Godos foram os povos menos importantes, pois quase não deixaram marcas de sua presença.

 

🔵 >>> Confira todas as nossas questões sobre a História Mundial.

 

Gabarito com as soluções das atividades sobre A Idade Média Europeia: Os Reinos Bárbaros e Francos:

1) e; 2) a; 3) c; 4) e; 5) c; 6) d; 7) d

Veja também:

atividades e exercícios sobre A Germanização de Roma com gabarito para enem e vestibular

A Idade Média Europeia: A Germanização de Roma Questões

1) A Germanização de Roma: (UFPR/2011) Entre os séculos V e VI, as monarquias romano-germânicas …

A Escravidão na Roma Antiga lista de exercícios resolvidas

Atividades sobre A Escravidão na Roma Antiga

1) (Fuvest/2013) A Escravidão na Roma Antiga: a) Permaneceu praticamente inalterada ao longo dos séculos, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *